Hoje foi dia de apresentação à imprensa das ações feitas pelo Estado para enfrentamento da Crise Hídrica. Estavam presentes na coletiva além do Idene, o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), a Defesa Civil e a Copasa. Atualmente 139 municípios mineiros estão em situação de emergência por causa da seca, segundo a Defesa Civil.

Os órgãos falaram da portaria de restrição de uso e da necessidade de a população economizar água. O diretor-geral do Idene, Nilson Borges, fez um balanço dos investimentos realizados em programas de segurança hídrica no Norte e Nordeste do estado. Foram investidos R$28.14 milhões para levar água a quem dela mais precisa, sendo R$24,94 milhões para poços artesianos e R$3,2 milhões para os kits de abastecimento de água.