Plano de Integridade IDENE

 

Após três meses de reuniões virtuais, pesquisas, trabalhos em grupo e individualizados, o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Idene) concluiu no fim de dezembro, o Plano de Integridade. Em seguida o documento foi encaminhado à diretoria-geral para avaliação. Após análise do diretor-geral Nilson Borges, o extrato do documento foi publicado no jornal Minas Gerais, dia 4/2, e tornou-se oficial.

Nilson Borges reconheceu o esforço da equipe e o comprometimento para dotar o Idene de um documento essencial à gestão moderna de uma organização. “Vejo o resultado com satisfação, pois se conseguiu algo extremamente objetivo, mas ao mesmo tempo rico em informação, incluindo a percepção do servidor sobre a autarquia e sua administração. Tenho a certeza de que o plano será muito útil a nós e aos futuros servidores do Idene”, afirma.

Segundo o coordenador do grupo do Idene, Pedro Marinho, o Plano de Integridade, busca guiar a organização para a maturidade institucional e aprimoramento das práticas de gestão. “O grande desafio enfrentado pelo grupo foi de conciliar a necessidade prática de entregar um documento conciso e com a motivação de poder, a partir do diagnóstico realizado e da experiência pessoal dos integrantes, contribuir ao máximo para o Idene”, relata Pedro.

Ele acrescenta que o Plano de Integridade é fundamental para que a organização, no longo prazo, seja blindada de ingerências e conduzida a práticas que auxiliem os servidores a construir a cultura da integridade. Ao elaborar o documento, o grupo procurou construir de forma simples e eficiente, sugestões de práticas para um ambiente integro. “Acreditamos ser fácil e proveitoso para todos a leitura do documento para que cada servidor se transforme em um apoiador do tema”, argumenta o coordenador do grupo.

A formulação de planos de integridade e sua implementação é uma realidade na gestão executiva e na construção de um estado eficiente e responsável. A ideia é estabelecer um compromisso do executivo estadual com a melhoria contínua e com os mais altos padrões de integridade. “Acreditamos que o Plano de Integridade, tanto no caso específico do Idene, quanto no aspecto geral, é um legado que a organização irá carregar, ajudando a guiar as ações não só dos gestores atuais como dos próximos”, concluiu Pedro.

Acesse o documento na íntegra.