Reunião na Codevasf

 

Em reunião na superintendência da Companhia de Desenvolvimento do Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Montes Claros, nesta quinta-feira (23/7), lideranças discutiram soluções conjuntas para os resíduos sólidos de 58 municípios do Norte de Minas, reunidos por meio de consórcios.  

A situação dos resíduos sólidos continua sendo um dos maiores desafios dos gestores, pois exige recursos que a maioria dos municípios não têm, mas precisa trabalhar pela solução, pois os lixões são altamente poluentes, causando sérios problemas ambientais, inclusive com os recursos hídricos que ainda restam.

O subsecretário de Desenvolvimento Integrado do Norte e Nordeste de Minas Gerais e diretor-geral do Idene, Nilson Borges, representou o governo do Estado e ouviu propostas do deputado estadual Arlen Santiago e do senador Carlos Viana. Na reunião estavam presentes prefeitos e representantes dos consórcios Intermunicipal de Desenvolvimento Ambiental Sustentável (Codanorte) e Consórcio União da Serra Geral.

Os parlamentares querem que os consórcios deixem os projetos prontos para que os recursos sejam buscados junto ao Ministério do Meio Ambiente que está recebendo da Vale R$250 milhões por compensação financeira. Desse total foram R$150 milhões destinados aos parques e dos R$100 milhões, as lideranças querem que R$20 milhões sejam destinados para a solução ambientalmente correta dos resíduos sólidos no Norte de Minas.

O subsecretário Nilson Borges se comprometeu em levar o assunto para as áreas do governo do Estado para que seja possível a busca de uma solução que contemple a reivindicação do Norte de Minas. “Temos o maior interesse na solução dos resíduos sólidos da região, pois é um problema que precisa de ser resolvido com a união de todos”, afirmou Borges.

Reunião na Codevasf1