tp 2

Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), como uma das estratégias para enfrentamento ao Covid-19, está veiculando campanha de publicidade sobre a doença, com informações sobre formas de transmissão, sintomas e hábitos de prevenção e higiene pessoal.

Com o slogan “Coronavírus: o que você deve saber para se proteger”, o material está sendo veiculado, desde a sexta-feira (13/3), em rádios da capital e interior de todo o estado, nos painéis de LED dos aeroportos, redes sociais da SES-MG e do Governo de Minas, além de anúncios em jornais impressos de diferentes regiões. 

A estratégia também prevê o envio de 700 mil flyers e 11 mil cartazes para as 28 Regionais de Saúde do estado, unidades de saúde dos municípios e, ainda, para parceiros que atuam na mobilização social junto à secretaria. O objetivo é compartilhar informações qualificadas e sensibilizar a população sobre a adoção de hábitos preventivos contra o coronavírus.
 

Confira, a seguir, os materiais da campanha:


Parcerias

O coordenador do núcleo de Mobilização Social e Publicidade e Propaganda da SES-MG, Joney Fonseca Vieira, destaca que, para sensibilização da população, a secretaria também tem trabalhado em parcerias com diversos segmentos da sociedade, acionando diariamente empresas, escolas, instituições religiosas, federações, representações de classes trabalhadoras, entre outros.

“Atualmente, a SES-MG contabiliza 270 parcerias em nível estadual já sensibilizadas e que, junto a seus pares, utilizam o material da campanha sobre a prevenção contra o coronavírus por meio de uma metodologia mobilizadora. Além de entregar o material, também dialogam com o cidadão e a cidadã num esforço de gerar envolvimento com a campanha”, observa.

Prevenção

Por meio dos materiais da campanha e de notas informativas à imprensa, a SES-MG tem orientado a população sobre cuidados básicos que reduzem o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão ações simples, como lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, a recomendação é usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

Também está entre as recomendações: evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas; evitar contato próximo com pessoas doentes; respeitar o tempo de isolamento caso haja recomendação. É necessário, ainda, desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência e jogar no lixo lenços de papel utilizados para cobrir boca e nariz ao tossir e espirrar.

As investigações sobre transmissão do coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa -contaminação por contato - está acontecendo.

A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.  Por isso, a adoção de hábitos de prevenção e de higiene pessoal se torna fundamental para a contenção do vírus. 

Saiba mais em: www.saude.mg.gov.br/coronavirus