Sistema Sedinor/Idene realiza força-tarefa para energização de 269 sistemas coletivos de abastecimento de água dentro do Programa Água para Todos e de outros 216 poços profundos do Plano de Urgência para Enfrentamento da Seca, que ainda não entraram em funcionamento devido às pendências de documentação por parte das prefeituras.

Na manhã desta terça-feira (20/02), o secretário da Sedinor, Nondas Miranda, e o secretário-adjunto, Alonso Reis, juntamente com o diretor-geral do Idene, Gustavo Xavier, reuniram-se com prefeitos e representantes de 19 municípios, com o objetivo de assegurar, em 2018, o cumprimento da meta de energização de 485 poços tubulares para abastecimento de água em comunidades rurais. São poços cujas obras foram executadas por meio do Programa Água para Todos e do Plano de Urgência para Enfrentamento da Seca.

O secretário Nondas Miranda relatou que não tem medido esforços para diminuir a burocracia e garantir mais rapidez na energização dos poços. “Este assunto tem sido pauta frequente nas reuniões do Comitê das Águas. Tenho conhecimento da existência de comunidades em que os poços foram perfurados há alguns anos, e por falta de energia não estão funcionando. Diante deste cenário, não estamos medindo esforços para que as prefeituras agilizem a documentação e a contrapartida dos municípios para que as obras entrem em funcionamento e cumpram com seu objetivo de amenizar os efeitos da seca”, afirmou.

Já para o diretor-geral do Idene, Gustavo Xavier, as prefeituras precisam agilizar a documentação para garantir novos investimentos para o município. “Temos que finalizar a energização dos poços para que eles possam de fato suprir a necessidade das comunidades”, ressaltou.

Durante a reunião, os prefeitos presentes assinaram o Termo de Sessão de Uso e o Formulário de Ligação Rural. A previsão é que estes municípios tenham os seus poços energizados em até 4 meses.

Estavam presentes os prefeitos Heber Gomes (Caraí), Wendell Pereira (Juramento), Ademir Costa (Almenara), Leandro Ramos (Ponto dos Volantes), Marcelo Olegário (Divisa Alegre), Alencar Sousa (Rubim), Adelino Pinheiro (Francisco Badaró), Milton Barbosa (Espinosa), Edson Santos (Cristália), Nívea Oliveira (Itacarambi), Dernival Mendes (Lontra), Jânio Wilton (Felisburgo), Amariles Santos (Coronel Murta), entre outros representantes de municípios.