A Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves é criação arquitetônica de Oscar Niemeyer. Na sutileza dos traços, o gênio buscou harmonia entre a área verde plantada e as edificações. Em uma área total de 804 mil m², são 270 mil m² de área construída.

Hoje, o concreto é acima de tudo um imenso espaço humanístico, onde convivem e trabalham diariamente mais de 17 mil pessoas, além de receber cerca de 3 mil visitantes/dia.

Inaugurada em março de 2010, a obra abriga a Governadoria, a Vice-Governadoria e 58 Órgãos/Entidades do Governo de Minas. Esta centralização trouxe agilidade qualidade à prestação dos serviços públicos.

O complexo é constituído pelo Palácio Tiradentes, Auditório Juscelino Kubitschek, Prédios Minas e Gerais e o Centro de Convivência.

AO SUL ESTÁ O PALÁCIO TIRADENTES

Foto: Leo Drumond

O Palácio Tiradentes, onde está instalado o Gabinete do Governador do Estado, é formado por subsolo e pilotis, totalizando 21 mil m² de área construída. É o maior prédio suspenso do mundo, com um vão livre de 147m de extensão de 26m de largura.

AUDITÓRIO JUSCELINO KUBITSCHEK

Foto: Lúcia Sebe

O Auditório Juscelino Kubitschek possui a forma côncava tão marcante em obras de Oscar Niemeyer. O espaço tem 4,3 mil m², capacidade para 500 pessoas e está situado ao lado do Palácio Tiradentes.

NA PARTE NORDESTE: PRÉDIOS MINAS E GERAIS

Foto: Gil Leonardi

Os prédios Minas e Gerais que abrigam os órgãos e as entidades são iguais, com 15 andares cada. Um túnel subterrâneo com 185m de extensão faz a ligação entre ambos, passando pelo Centro de Convivência.

CENTRO DE CONVIVÊNCIA

Em formato inteiramente circular, o Centro de Convivência está localizado entre os prédios Minas e Gerais. São 3 andares, com área de alimentação e diversas lojas.

CIDADE ADMINISTRATIVA: CIDADE SUSTENTÁVEL

O conceito de sustentabilidade esteve presente em toda execução da obra para promover economia de energia e de água. O impacto socioambiental e econômico é positivo.

Meio ambiente: preservação das áreas verdes do entorno.

O Governo de Minas criou o Parque Estadual Serra Verde, o segundo maior de Belo Horizonte. A área rica em nascentes, espécies animais e vegetais faz parte da sub-bacia do Rio das Velhas.

CIDADE ADMINISTRATVA: BIODIVERSIDADE DE MINAS

Leo Drummond

O paisagismo trouxe várias espécies presentes em Minas para compor a biodiversidade dos jardins. São 8.750 mudas de árvores plantadas, 96.415 mudas de forração vegetal e 1.024 mudas de plantas aquáticas.

Ao percorrer o caminho interno dos prédios chamado de alameda das palmeiras imperiais, o visitante pode encontrar espécies da fauna como marrecos do bico vermelho, patos d’água e aves como o anu-branco e quero-quero. Gaviões habitam o topo das torres de luz e corujas se escondem pelos barrancos das duas lagoas, que estão repletas de peixe.